-->

Quem Escreve

Grazy !
Uma garota bem confusa de nome Grazielli, mas como insistem em chamá-la de Graziela prefere ser chamada somente de Grazy. Tem 21 anos completos em 17 de julho. Uma canceriana sensível e delicada bem como diz seu signo. Meio louca. Alta, magra, cabelos castanhos assim como os olhos... mas isso é irrelevante.

É sonhadora, mas ao mesmo tempo tem o pé no chão, não mede esforços para alcançar seus objetivos e conseguir tudo aquilo que quer. Tem grandes planos pro futuro, mas ás vezes sua indecisão acaba atrapalhando. Mantêm um amor incondicional pela família e seus animais de estimação. Na amizade só quer ao seu lado os amigos verdadeiros - tem um grande problema em confiar, por experiências passadas - e para os verdadeiros é a melhor amiga que consegue ser. Ainda não encontrou o amor de sua vida e acha que nunca se apaixonou de verdade. Não espera por um príncipe encantado, mas também não quer o vilão da história.
Possui gostos bem comuns e outros bem bizarros. Ama ler e quer ter muitos livros em casa. Ama assistir filmes e a internet. É apaixonada por música e sempre está escutando alguma coisa. Gosta do frio e da coberta quente. Ainda sonha em viajar pelo mundo um dia. Ama fotografia. Ama e confia em Deus, ele tudo sabe e tudo vê. Assim sempre será.
É uma garota sincera e ás vezes isso é tratado com defeito pelas pessoas. Carismática e sabe dar apoio quando um amigo precisa. Se magoa fácil. Sabe perdoar, mas esquecer é mais difícil. Um defeito, é quando está com raiva desconta em outras pessoas sem querer ou perceber. Mas seu maior defeito é não abrir mão de nada quando acha que está certa.
Procura sempre evoluir. Dificilmente desisti, por pior que seja o obstáculo, por mais tempo que possa demorar.
É a filha, a tia, a irmã, a amiga. Chora com a mesma facilidade que sorri. Não tem vergonha de dizer 'Eu te amo' se for para a pessoa certa. Não se incomoda com o silêncio. O silêncio muitas vezes é melhor que a palavra ruim.
Uma frase: " A vida é tal qual uma comedia teatral ninguém repara se foi longa ou curta, e sim se foi bem representada. "
Essa é uma frase nunca esquecida. Mas como uma eterna leitora gosta de muitas outras.

Sabe mais... só quem conhece... de verdade.